Vamos a la playa!

Vamos a la playa

Lá vem o verão! Lá vem as férias!!! Época de muita diversão, mas que demanda também alguns cuidados com os pequenos e com a sua pele.

Para que eles possam aproveitar e curtir muito mais esse momento devemos lembrar de algumas regras gerais:

  • Evitar a exposição solar após às 10h da manhã e antes das 15h da tarde    (extendendo-se às 16h, no horário de verão)- pois é nesse período que ocorre o pico da Radiação Ultra-Violeta (UV).
  • Quanto mais sombra MELHOR! Lembrar que as superfícies ao redor refletem a radiação UV (neve> areia> água>grama). Portanto, na praia pode ocorrer a queimadura solar mesmo na água ou na sombra.
  • Usar bonés, óculos ou roupas com proteção UV.
  • Quanto mais grosso e escuro o tecido da roupa, maior proteção (as roupas escuras chegam a proteger de 3 a 5 vezes mais).
  • Quanto menor o espaço entre as fibras do tecido, maior proteção.  Portanto os tecidos de nylon e de poliéster protegem mais que os de algodão e os de linho, por exemplo.
  • Roupas molhadas perdem metade do fator de proteção solar.

Além disso, podemos utilizar os filtros solares. Porém, lembrando que:

  1. Antes dos 6 meses: Estão proibidos todos os filtros solares disponíveis. Deve-se evitar a exposição solar direta e seguir as dicas citadas à cima. Lembrar que já existem roupas com Fator de Proteção Solar (FPS) igual a 50.
  2. Entre 6 meses e 2 anos de idade: Utilizar os filtros físicos , também conhecidos como inorgânicos ou de barreira. Como reconhecê-los no mercado? Geralmente, são identificados como “Mineral” ou “Baby” e para a confirmação é só dar uma olhada no rótulo e ver se são produzidos a partir do Dióxido de Titânio e/ou do Óxido de Zinco.
  3. A partir dos 2 anos de idade: Utilizar os filtros solares químicos ou orgânicos, no mercado identificados como “Kids”. Dar preferência pelos filtros com FPS igual ou superior a 30 (O FPS indica o grau de proteção UVB, enquanto o PPD indica o grau de proteção UVA). Evitar os que contenham o ácido paraminobenzoico (PABA) que são mais alergênicos e estão sendo retirados da formulação infantil.

 

E quanto de filtro devo usar???

Utilizar a regra da “colher de chá” ou dos “dois dedos”- quantidade suficiente para cobrir os dedos médio e indicador, como demonstra a imagem abaixo.

filtro

Um dos responsáveis pela perda da eficácia do filtro de proteção solar é a sua aplicação na quantidade errada. Desta maneira, CUIDADO com as formulações em spray, ao deixar porções do corpo da criança descobertas ou parcialmente cobertas.

Por fim, lembrar SEMPRE de:

  • Reaplicar o filtro a cada duas horas.
  • Aguardar 20 minutos até a exposição solar, após a aplicação do filtro.
  • Reaplicá-lo após a criança brincar no mar ou na piscina, ou após o uso da toalha. Mesmo os filtros que são classificados como “Resistentes à Água”, não garantem a mesma proteção após 2 a 4 mergulhos de 20 minutos cada.

 

E, o mais importante: USAR O FILTRO SOLAR TODOS OS DIAS!!! 

Com essas dicas os pequenos poderão curtir muito mais as férias e o verão juntamente com os papais e as mamães!

Nos mandem dicas, sugestões ou temas para os próximos posts aqui mesmo pelo site ou pelo Facebook da Clínica: http://www.facebook.com/clinicagoncalvessr.

Nos vemos semana que vem com outro tema.

Até mais!

 

Dr. Vinícius F.Z.Gonçalves- Médico Pediatra e Neonatologista

Fonte: Guia de Fotoproteção na Criança ou no Adolescente- Sociedade Brasileira de Pediatria (Outubro-2017)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s